Home / Acidentes e Polícia / Sobe para 5 o número de presos feitos reféns em rebelião de presídio em RO

Sobe para 5 o número de presos feitos reféns em rebelião de presídio em RO

Rebelião já dura mais de 40 horas em Ariquemes (RO).
Motim começou no último sábado (20) quando 2 presos foram feitos reféns.

O número de presos mantidos reféns na Casa de Detenção de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, subiu de dois para cinco, segundo informou a Polícia Militar (PM) no final do último domingo (21). A rebelião na unidade prisional iniciou na tarde do último sábado (20) e já dura mais de 40 horas. As negociações para o término do motim devem ser retomadas na manhã desta segunda-feira (22).

Segundo a Secretaria de Estadual de Justiça de Rondônia (Sejus), a unidade prisional abriga  atualmente 384 presos e 221 deles estão rebelados. O motim no presídio começou no sábado (20), depois do horário de visita. Na ocasião, dois detentos foram feitos reféns. Os presos passaram a exigir a troca de direção e reclamam da superlotação. O local tem capacidade para receber 315 internos, mas chegou a ter 449, quando no dia 2 de agosto o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) proibiu a entrada de novos presos.

De acordo com a Polícia Militar(PM), a rebelião está controlada, mas cinco presos são mantidos reféns. Os familiares de 97 apenados, que entraram para visita no sábado, ainda estão dentro da unidade, pois esperam garantir que os presidiários envolvidos na rebelião não sofram punições. Nenhum familiar está sendo feito refém.

Os presos chegaram a gravar um vídeo para mostrar a tortura de um dos apenados que está sendo feito refém por cerca de 200 homens. Na gravação, com cerca de três minutos, os presos afirmam que vão matar o colega de presídio e pedem a presença da imprensa no interior do presídio. A Secretaria de Estado da Cidadania e Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) está analisando as imagens da tortura.

O Governo do Estado de Rondônia, por meio da Sesdec, informou que todas as providências foram tomadas para restabelecer a ordem e disciplina na unidade prisional, assegurando os direitos dos internos e também  garantir a segurança da população.

Segundo a Sejus, o diretor da Casa de Detenção de Ariquemes(CDA), Heber Carvalho dos Santos, já foi substituído.

As negociações para colocar fim na rebelião devem ser retomadas na manhã desta segunda-feira (22).

Fonte: (Ana Claudia FerreiraDo G1 Ariquemes e Vale do Jamari)

Foto: Reprodução/ WhatsApp)

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

PM é detido em distribuidora de bebidas ao dar tiros para abrir porta de banheiro em MT

Um policial militar foi detido em uma distibuidora de bebidas no Bairro CPA 4, em …