Home / Notícias de Rondônia / SEGURANÇA: Hospital Regional de Vilhena passa a ter novas regras para visitantes, acompanhantes e pacientes

SEGURANÇA: Hospital Regional de Vilhena passa a ter novas regras para visitantes, acompanhantes e pacientes

Pacientes ficam vulneráveis a infecções com pessoas circulando sem necessidade nos corredores

Novas normas foram estabelecidas para visitantes, acompanhantes e pacientes do Hospital Regional (HR) de Vilhena. As regras já estão em vigor.

Todas as medidas são para garantir a segurança e o bem estar dos pacientes, acompanhantes e servidores do complexo hospitalar.

De acordo com a direção de práticas assistenciais do hospital, a falta de regras pode afetar o funcionamento da unidade. “A partir do momento que temos pessoas circulando sem necessidade nos corredores, os pacientes ficam vulneráveis a infecções. Outros procedimentos devem ser adotados para que evitemos problemas”, disse a diretora Graziele Jacob.

O diretor geral do HR,  Wagner Borges, ressaltou que esta é uma mudança das várias que a direção tem adotado para melhorar o atendimento e funcionamento da instituição. “Já colocamos um balcão na entrada das clínicas e proibimos a circulação no corredor na hora do almoço”, comentou.

O secretário de Saúde, Vasques, disse que desde o início do ano várias adequações foram feitas. “Retiramos os veículos sucateados que ficavam no estacionamento interno, recuperamos eles e fechamos o portão. Essas normas devem ser cumpridas para que consigamos mudar o fluxo de pessoas no Regional e que haja segurança física e biológica aos pacientes e servidores”, explicou.

 

VEJA ABAIXO AS NORMAS ESTABELECIDAS:

1. – Somente é permitido acompanhante para pacientes com mais de 60 anos ou menores de 18;

2. – Somente é permitido 1 (um) acompanhante por paciente;

3. – A troca de acompanhantes somente das 06h00 às 08:00 e das 18h00 às 20h00;

4. – No Hospital não é permitida a entrada de pessoas trajando roupas inadequadas: sem camisa, roupas transparentes, minissaia, decote avantajado, bermuda, camiseta sem manga e calçados abertos (chinelos, sandálias); conforme diretrizes da Comissão de Controle de Infecções Hospitalares (CCIH) e Sistema Único de Saúde (Sus);

5. – A entrada e saída dos quartos deve ser informada à equipe de enfermagem;

6. – O acompanhante deve ser maior de idade e ter condições físicas e emocionais para assumir essa função;

7. – Lave as mãos antes e depois de tocar no paciente;

8. – Não utilizar leitos vagos para sentar-se ou deitar-se;

9. – Não use utensílios, produtos de higiene pessoal, roupas, cobertores, lençois, toalhas, talheres, pratos e copos de pacientes;

10. – A sua higiene pessoal é muito importante para evitar contaminações;

11. – O acompanhante deverá ficar no quarto com o paciente, evitando circular nos corredores e/ou visitar outros pacientes para evitar infecção cruzada;

12. – Caminhe lentamente nos corredores, procurando não fazer barulho ou incomodar demais pacientes internados;

13. – Procure falar baixo e com descrição;

14. – Utilize o telefone celular no modo silencioso;

15. – Ao cumprimentar o paciente evite dar-lhe a mão. Acene ou incline a cabeça, mantenha certa distância e seja prudente;

16. – Evite mencionar assuntos que possam abater o ânimo do paciente. Fale de assuntos alegres, amenos, agradáveis;

17. – As visitar não devem ser feitas pela manhã. Nesse período as equipes multiprofissionais dedicam-se aos cuidados com os pacientes, coleta e realização de exames. Também é feita a limpeza da unidade, servido o café da manhã e almoço;

18. – Concentre-se na satisfação e distração do paciente;

19. – Informações sobre estado de saúde do paciente devem ser solicitadas ao médico, de preferência fora do quarto. Eleja um membro da família para essas intermediações;

20. – Roupas íntimas, produtor de higiene pessoal e objetos pessoais devem ser trazidos de casa, para maior conforto e privacidade as roupas devem ser discretas;

21. – Jamais fume dentro das instalações do hospital;

22. – É extremamente proibido o uso de substâncias ilícitas como álcool, fumo e drogas dentro da instituição;

23. – Pessoas doentes, com infecção, gripe, estado emocional abalado, hipossuficiente, alcoolizado, com mobilidade reduzida não podem ser acompanhantes;

24. – Não é permitida a entrada de alimentos nem para pacientes, nem para acompanhantes. As refeições dos pacientes serão servidas de acordo com as prescrições médicas e nutrição, por isto, alguns pacientes necessitam de dietas especiais com restrição à alguns alimentos e condimentos. Portanto, não é permitido oferecer ao paciente dieta diferente da prescrita e oferecida pela instituição hospitalar;

25. – As refeições serão servidas para acompanhantes no refeitório às 13h00;

26. – Dois telefones públicos estão nos corredores centrais à disposição de pacientes e acompanhantes;

27. – Não traga flores para pacientes internados;

28. – Em caso de dúvidas procure um dos colaboradores;

29. – Obedeça as regras e normas estabelecidas dentro do Hospital Regional Adamastor Teixeira de Oliveira, colabore para que elas sejam cumpridas, principalmente quanto aos horários de visitas e quando ao número possível de visitantes.

Art. 196 da Constituição Federal. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

 

(SEMCOM)

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

17ª Leilão “Direito de Viver” em prol do Hospital de Amor acontece nesse domingo

Acontece neste domingo, 02, o 17ª Leilão Direito de Viver, no Parque de Exposições de …