Home / Notícias de Rondônia / Secretários e servidores elaboram ações de campanha contra o Aedes Aegypti em Vilhena

Secretários e servidores elaboram ações de campanha contra o Aedes Aegypti em Vilhena

Secretários e servidores elaboram ações de campanha contra o Aedes Aegypti em Vilhena

Os secretários municipais Marco Aurélio Vasquez (Saúde) e Esteban Vera Labajos (Comunicação) se reuniram com servidores do setor de saúde pública para uma campanha contra o Aedes Aegypti em Vilhena.

A reunião foi realizada na manhã desta quarta-feira, 15, no gabinete da secretaria municipal de saúde (Semus), e teve como tema a elaboração de ações do Plano Municipal de Enfrentamento ao Aedes Aegipti.

 O encontro contou também com a presença da coordenadora da Vigilância de Epidemiologia Maria Lima, da coordenadora da Vigilância em Saúde, Lucineia de Souza, e da diretora da diretora da Divisão de Endemias, Edenilce Modesto.

Segundo Vasquez, a campanha será realizada com objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doença, como zíka vírus, dengue e chikungunya no município.

Com bases nos dados do Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRAa), os profissionais traçaram ações que serão executadas ainda no primeiro semestre.

Em 2016 foram notificados 980 casos de dengue, dos quais 201 foram confirmados. Já os casos de chikungunya foram notificados 160 e confirmados apenas três, e os casos de zika vírus foram notificados 445 e confirmados 235, sendo que desse total foram 44 eram gestantes.

Em 2017 foram notificados 10 casos de chikungunya, oito casos de zika vírus, e 28 casos de dengue.

Vasquez explicou que, com base nos dados levantados pelo LIRAa, o município de Vilhena está classificado como médio risco.

Dados levantados pelo setor de epidemiologia da Secretaria de Saúde constatam que os focos de criadouros de mosquito Aedes Aegypti estão localizados nos lixos de Vilhena.  “Estamos trabalhando em ações para a eliminação dos criadouros do mosquito. Contamos com a ajuda de todos para fazermos esse enfrentamento urgente e evitarmos uma epidemia num futuro próximo, trazendo assim menos transtornos ao sistema público de saúde. É de conhecimento de todos que essas doenças, em seu quadro mais agudo, pode inclusive levar o paciente a morte”, ressaltou o titular da Semus.

Na reunião ficou definido que será feita a limpeza dos prédios públicos, além do trabalho de conscientização da população para manter os quintais limpos e sem criadouros do mosquito, através de campanha nos meios em veículos comunicação do município. Além disso, a ideia é que sejam feitos mutirões de limpeza nos bairros.

É importante ressaltar que as secretárias de Planejamento e de Obras já estão realizando a limpeza de terrenos públicos e áreas verdes do município, além de notificar donos de terrenos sujos. “Para todo esse trabalho dar certo e conseguirmos combater a o mosquito transmissor de várias doenças é preciso que a população coopere e que todos se unam nessa luta”, encerro Esteban Vera.

(SEMCOM)

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

MP-RO solicita que Governo e Sejus façam a demolição de antigo presídio em Ariquemes

O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) acionou o Tribunal de Justiça (TJ-RO) contra o governo …