Home / Notícias de Rondônia / Granéis são responsáveis por 85% da movimentação de cargas no Porto Público de Porto Velho

Granéis são responsáveis por 85% da movimentação de cargas no Porto Público de Porto Velho

Na SOPH, diariamente circulam em média mais de duas centenas de caminhões transportando os mais variados tipos de cargas.
O Porto Público de Porto Velho se destaca com a melhor infraestrutura portuária de Rondônia para a movimentação de cargas. No período que corresponde aos meses de janeiro a novembro de 2015, conforme dados consolidados do Sistema de Desempenho Portuário (SDP), da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), o porto movimentou mais de dois milhões de toneladas de cargas.

A estimativa, segundo o diretor presidente da Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia – SOPH, Leudo Buriti, é fechar o ano de 2015 com dois milhões e meio de toneladas de cargas movimentadas a partir do porto público estadual, exportando a produção de Rondônia e norte do Mato Grosso e importando os produtos necessários para o crescimento do Estado.

No terminal portuário, diariamente circulam em média mais de duas centenas de caminhões transportando os mais variados tipos de cargas: soja, milho, cimento, carnes, fertilizantes, alimentos perecíveis e não perecíveis, contêineres, automóveis e cargas gerais. Esses produtos, abastecem o mercado regional e internacional, especificamente os grãos que saem de Porto Velho até Itacoatiara- Amazonas, pela Hidrovia do Rio Madeira.

Para Leudo Buriti, a crise econômica foi menos sentida na região. “O setor produtivo do Estado é forte e dá sustentação a economia de Rondônia e o porto estadual está inserido neste contexto: produzindo melhor meio de logística de exportação para esse negócio. Em atendimento as determinações do governador do Estado, adotamos providências e fizemos os ajustes necessários para encerrar o ano com os compromissos em dias com os atores do segmento portuário”.

Da movimentação por natureza de carga, de acordo com o diretor de fiscalização e operação da SOPH, Edinaldo Gonçalves, destacam-se os granéis sólidos, representando 85% da movimentação total do porto. A rota alternativa possibilitada pelo Porto de Porto Velho para o escoamento de grãos oriundos do Sul de Rondônia e Norte do Mato Grosso, contribui decisivamente para a consolidação dessa natureza de carga movimentada no cais flutuante, principal ponto de atracação do Porto, disse.

O sistema portuário da cidade de Porto Velho, além do Porto Organizado, é composto por 16 Terminais de Uso Privado – TUP’s e uma Instalação Portuária de Pequeno Porte – IP4 administrada pelo DNIT, juntos movimentam entorno de 13 milhões de toneladas de cargas por ano. Somente em granéis sólidos, o quantitativo estimado é de 4,9 milhões de toneladas transportadas pela Hidrovia do Rio Madeira.
Localização do Porto

Por estar posicionado estrategicamente, o Porto Público Estadual, tem se destacado no escoamento de produções regionais e nacionais, apresentando vantagens competitivas que possibilitam atrair novos importadores e exportadores. “A localização geográfica do porto e a infraestrutura adequada está despertando o interesse de empresários e conglomerados econômicos em se instalarem em Porto Velho e utilizarem as instalações do porto público para escoarem suas produções” afirma Buriti.

Fonte
Texto: Antônia Nascimento
Fotos: SOPH
Secom – Governo de Rondônia

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

Governo de RO decreta luto oficial de 3 dias pela morte de Moreira Mendes

O governador Daniel Pereira decretou luto oficial de 3 dias pela morte do ex-senador Moreira …