Home / Notícias de Rondônia / Em Vilhena, vereador eleito defende trabalhadores de Cerejeiras

Em Vilhena, vereador eleito defende trabalhadores de Cerejeiras

 

Cerejeiras (RO) – Ao participar da manifestação nacional contra a PEC 55, que prevê limites de gastos públicos por vinte anos, especialmente nas áreas de educação e saúde, o vereador eleito  Valdecir Sapata (PSB) defendeu a classe trabalhadora de Cerejeiras. Ao fazer uso da palavra, o parlamentar destacou a importância da mobilização nacional. “Não podemos ficar em casa, enquanto esse governo promove um verdadeiro desmanche da maquina publica, retirando direitos dos trabalhadores”, discursou.

O protesto aconteceu na sexta- feira (11), em Vilhena, reunindo diversas entidades sindicais, além de estudantes e professores do Ifro. Antes, porém, o vereador lembrou que seu mandato será voltado para atender o terceiro setor. “Quero trabalhar em parceria com a sociedade civil organizada”, revelou.

Em conversa com a imprensa,  ele também se mostrou preocupado com o funcionamento imediato da rede de esgoto de Cerejeiras. Segundo ele, torna-se necessário a implantação de medidas para que o sistema funcione.

PEC

Sobre a PEC 55, que tramita no Senado e que para o governo é chamada “PEC do teto dos gastos”, ele disse que para a classe trabalhadora ficou conhecida como a “PEC da morte “.

Com faixas, cartazes e bandeiras, os trabalhadores demonstravam decepção com os deputados federais que aprovaram a PEC 241. Os deputados federais Marcos Rogério, Mariana Carvalho, Marinha Raupp, Lindomar Garçon, Luiz Cláudio, Nilton Capixaba e Lúcio Mosquini, que votaram pela aprovação da PEC, portanto contra os trabalhadores, foram bastante criticados. Apenas o deputado federal Expedito Neto votou a favor dos trabalhadores.

Os sindicatos, segundo o vereador, iniciaram agora uma grande mobilização para pedir aos senadores Valdir Raupp, Ivo Cassol e Acir Gurgcaz que votem contra a PEC 055.

Nos discursos os sindicalistas alertavam à sociedade sobre as consequências de uma eventual aprovação da PEC 055. Segundo eles, esse projeto é desastroso para a população brasileira, principalmente para os servidores públicos e para as classes menos favorecidas, pois impõe um limite para o aumento do gasto público federal definido pela inflação do ano anterior, por um período de 20 anos.

(Erick Angelim)

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

17ª Leilão “Direito de Viver” em prol do Hospital de Amor acontece nesse domingo

Acontece neste domingo, 02, o 17ª Leilão Direito de Viver, no Parque de Exposições de …