Home / Notícias de Rondônia / Alunos protestam contra falta de professores em escola de Vilhena, RO
Estudantes pedem a contratação de professores para escola (Foto: Jonatas Boni/G1)

Alunos protestam contra falta de professores em escola de Vilhena, RO

Cerca de 200 estudantes da Escola Estadual Maria Arlete de Toledo fizeram um protesto nesta quarta-feira (8) contra a falta de professores na unidade escolar de Vilhena (RO), região do Cone Sul de Rondônia. O manifesto teve início no pátio da instituição, na Zona Leste da cidade, e seguiu pelas ruas até a Praça da Avenida Brigadeiro. De acordo com o grêmio estudantil, faltam professores de química, física, matemática e inglês.

De acordo o líder estudantil Rhenan Santos, de 16 anos, no início do ano letivo, em fevereiro, a Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (Seduc) prometeu manter a grade e os horários de aulas sem falta, mas isto não foi cumprido.  “Tem turma que está tendo apenas uma aula por dia. Isso está nos prejudicando”, diz o estudante.

 

Por estar a dois meses sem aula de quatro matérias, a jovem Ariane Barbosa, do 2° ano, conta que todos os alunos da escola se mobilizaram para fazer um protesto pedindo urgência na regularização da grade. “Nossa preocupação é porque depois vai precisar repor estas aulas e nos prejudica”, afirma.

Procurada, a Seduc alega que a coordenadora da entidade em Vilhena foi convocada para ir a Porto Velho para resolver o problema da falta de professores. Conforme a secretaria, existem educadores que foram aprovados em um concurso do estado. A previsão é de que estes servidores sejam convocados em breve.

A Seduc informou ainda que a Maria Arlete não é a única escola que está com quadro de professores defasado. Outras instituições de Vilhena, como a Machado de Assis, precisam de educadores na área de matemática.

G1 RO

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

Chateado com visitantes, prefeito de Pimenteiras anuncia lei que proíbe entrada no rio Guaporé sem guia turístico

O prefeito de Pimenteiras do Oeste, Olvindo Luiz Dondé (PDT), decidiu radicalizar devido à falta …