Home / Notícias de Rondônia / Alunos doam mais de 1 tonelada de alimentos para casa que abriga idosos

Alunos doam mais de 1 tonelada de alimentos para casa que abriga idosos

Alimentos foram arrecadados em simpósio de preparação para o Enem.
Doação beneficiou cerca de 80 pessoas abrigadas pela casa em Cacoal.

Em um gesto de solidariedariedade, estudantes de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros dePorto Velho, doaram mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis para a Casa de Acolhida São Camilo. Os produtos foram entregues na última terça-feira (23) para a entidade que abriga idosos e pacientes com problemas psicológicos. As doações foram arrecadadas durante o II Simpósio Sobre Práticas Discursivas na Amazônia, realizado pelo Instituto Federal de Rondônia(Ifro) entre os dias 10 e 12 de agosto.

A Casa de Acolhida São Camilo abriga cerca de 80 pessoas, entre idosos e pacientes com problemas psicológicos. Segundo a fundadora e diretora da entidade, Santa Selma Rodrigues, o local foi fundado em 2003 e atende homens e mulheres abandonados pelas famílias e que não têm para onde ir. O abrigo é mantido por doações e pelo benefício previdenciário dos acolhidos. Santa acrescenta ainda que os moradores recebem atendimento de vários profissionais de saúde, inclusive de voluntários.

Casa de Acolhida São Camilo foi escolhida pelos próprios estudantes para receber a doação (Foto: Rogério Aderbal/G1)Casa de Acolhida São Camilo foi escolhida pelos próprios estudantes para receber a doação (Foto: Rogério Aderbal/G1)

“Aqui os gastos são muito altos, porque nossos acolhidos moram no local e dependem dele para viver. Nosso consumo é de cerca de mil quilos de alimentos por mês. Por isso, toda doação é bem-vinda”, esclarece a fundadora.

Segundo o diretor do Ifro em Cacoal, Davys Negreiros, os alimentos foram arrecadados no II Simpósio Sobre Práticas Discursivas na Amazônia, realizado entre os dias 10 a 12 de agosto. A escolha da Casa de Acolhida São Camilo para o receber o benfício foi feita pelos próprios alunos, conforme Davys.

“Esta é uma das nossas obrigações como instituição de ensino, além de formar bem o aluno para o mercado de trabalho, temos como desafio formar cidadãos solidários. É isso que estamos tentando passar para eles com esta ação”, explica.

A estudante Joyce Cocato de 16 anos, do curso técnico em agropecuária, disse que não conhecia o abrigo e ficou tocada com as histórias que conheceu na casa. “Às vezes, perdemos muito tempo com coisas fúteis, como celular e redes sociais, e esquecemos que tem um irmão precisando da gente”, enfatizou.

Diante do gesto solidários dos alunos, os moradores da casa ficaram felizes. Entre eles, está o idoso Antônio Pedro do Nascimento de 100 anos, que vive no abrigo há mais de dez. Sorridente, ele não admite ser um centenário e assegura que ainda está na casa dos 70, porém os colegas e os documentos confirmam a idade do acolhido. A simpatia do ancião contagiou a maioria dos estudantes, que viveram na última terça-feira a experiência de ajudar o próximo.

Estudantes e idosos dividiram experiências durante a entrega dos alimentos (Foto: Rogério Aderbal/G1)Estudantes e idosos dividiram experiências durante a entrega dos alimentos (Foto: Rogério Aderbal/G1)
Fonte: (Rogério AderbalDo G1 Cacoal e Zona da Mata)

About Rondônia Atualidades

Agência Rondônia Atualidades LTDA-ME

Check Also

Candidatura de Valclei Queiroz, do PMB, ao Governo de RO é indeferida pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) indeferiu por unanimidade na última quinta-feira (13) o …